quarta-feira, 20 de maio de 2009

Congresso em começa em alta voltagem

O 25º Congresso da ABERT nem bem começou mas já tá mostrando ao que veio. Ontem a noite o discurso de abertura do presidente da entidade, Daniel Slaviero, foi bastante contundente com relação a diversos pontos da radiodifusão. Daniel defendeu que a internet receba o mesmo tratamento fiscalizatório, por parte das autoridades brasileiras, como o que recebe rádio e Tv. Falou da morosidade do Minicom em solucionar as renovações de outorgas, são mais de 40 mil processos. Ressaltou o papel da radiodifusão no modelo federativo brasileiro e convocou todos os radiodifusores a participar da Conferência Nacional de Comunicação, que acontecerá no final do ano em Brasília, dias 1, 2 e 3, quando será discutido um novo marco regulatório para o setor.

Logo após a fala do presidente da ABERT, foi a vez do ministro das Comunicações, Hélio Costa, mostrar através de números o quanto o ministério tem feito para agilizar e modernizar certos procedimentos. O Ministro falou que apesar de ter pego um estrutura enfraquecida com o fechamento das delegacias regionais, nas diversas capitais do país, tinha números positivos para mostrar aos radiodifusores. Ele fez um balanço de quantas outorgas foram dadas até agora, qual a visão do governo em relação ao ministério e destacou a implantação no sistema de TV digital Nipo-Brasileiro, enaltecendo que este sistema já foi aprovado no Peru e em breve estará sendo adotado por Chile, Argentina e Equador.

Durante a abertura a apresentadora Délis Ortiz informou que a palestra da ministra Dilma Rousseff estava cancelada. A ministra esteve internada até a manhã de hoje em São Paulo e agora se encontra em casa em repouso, não podendo trabalhar por decisão médica.

Depois da abertura tivemos um coquetel no espaço da feira de equipamentos onde pudemos rever vários amigos do setor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário