terça-feira, 29 de setembro de 2009

Ivete lidera a parada da "Micareta Axé Band"

“Na Base do Beijo” é a mais pedida pelos ouvintes do programa da Band FM

São Paulo, 29 de setembro de 2009 – Ela está com tudo! Prestes a ganhar seu primeiro filho, Ivete Sangalo emplacou duas músicas entre as mais pedidas do programa “Micareta Axé Band”,

No ar desde agosto 1997, a atração da Band FM comandada pelo apresentador Betinho tem hoje uma média de 147 mil ouvintes por minuto, segundo dados da ultima pesquisa do Ibope (S.Paulo).
Outro grande destaque da parada é o novo single do Asa de Águia, “Vale Night”. Com apenas 15 dias de lançamento, a faixa já ocupa a segunda posição no ranking das músicas mais pedidas pelos ouvintes do programa, confira:
01. Ivete Sangalo – “Na Base do Beijo”
02. Asa de Águia – “Vale Night”
03. Claudia Leitte – “Beijar na Boca”
04. Jammil e Uma Noites – “Tchau ( I Have to Go Now)”
05. Maria Cecília & Rodolfo (Maria Elétrica) – “Você de Volta”
06. Alexandre Peixe – “Red Label ou Ice”
07. Banda Eva – “Lugar da Alegria”
08. Ivete Sangalo– “Balakbak”
09. Chiclete com Banana – “Flutuar”
10. Parangolé – “Balacobaco”

O programa “Micareta Axé Band” vai ao ar sábado e domingo, das 12h às 14h, pela Band FM.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Show exclusivo para ouvintes da emissora será transmitido ao vivo nesta 4ª.feira

São Paulo, 28 de setembro de 2009 – A Rede Band FM estréia nesta quarta-feira (30/09) o seu “Especial do Mês”. O grupo Exaltasamba é o primeiro convidado desse projeto que trará um show exclusivo para os ouvintes da emissora uma vez por mês. Quem não estiver em São Paulo também poderá conferir a apresentação exclusiva do Exaltasamba. A emissora transmitirá o show ao vivo, a partir das 15h, para as 36 emissoras que compõem a Rede Band FM em todo o Brasil. Em novembro, o convidado do “Especial do Mês” será a dupla Jorge & Matheus. A emissora também prepara um grande show no mês de novembro para comemorar os seus 32 anos. Já estão confirmadas as apresentações da cantora Claudia Leitte, da dupla Fernando & Sorocaba e dos grupos Sorriso Maroto e Cupim na Mesa.

Férias merecidas

Alfredo Raymundo, depois de três anos, conseguiu tirar férias do comando da Super Rádio Tupi/Nativa FM. Neste momento ele se encontra com sua esposa no leste europeu visitando as principaís capitais daquela região. Alfredo sucumbiu aos apelos da esposa que sempre via ele arrumar uma agenda extra para não descansar como merece. Desta vez ele foi e promete voltar revigorado. Ele merece.

sábado, 26 de setembro de 2009

"O Rio precisava entrar na discussão sobre o futuro da radiodifusão"

A melhor análise sobre o II Congresso de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro e Espirito Santo foi feita pelo engenheiro Marco Túlio do Sistema Globo: o Rio precisava entrar na discusão sobre o futuro da radiodifusão. Ao ver o Rio Othon cheio de radiodifusores soubemos do acerto da iniciativa. Mas ela não pára por aí. Ainda estamos no princípio da caminhada. Para o ano que vem teremos o III Congresso em Vitória - ES. Vamos continuar buscando a interação dos radiodifusores com suas entidades e com seus parceiros. Quanto mais eles conversarem entre si, melhor para todos. A simples união do setor traz para perto o Minicom entre outras entidades e profissionais. Os desafios são grandes, mas nada que não podemos enfrentar. Quero enaltecer a contribuição do Edmilson Oliveira da Embrasec, de Guido Mendes, assessor de imprensa do evento; da equipe da Aerj comandada por Hilton Alexandre e com apoio de Maria Eugênia, Tainá, Dr. Sebastião e Reginaldo. Na retaguarda Rogério Soares, Katiúsca Carvalho, Ana Oliveira e Douglas.
Não posso esquecer a participação dos presidentes de mesa e moderadores, como Cláudia Cataldi, André Mizhai, Luis Ribeiro, Formiga, Edson Perrota, entre outros.

Governo promete digital para o rádio até dezembro

Ontem foi o dia nacional do Rádio. 87 anos de histórias. Mas o presente que o radiodifusor espera só virá em dezembro, quando o governo brasileiro promete divulgar o padrão digital que será implantado no Brasil.
Existe a dúvida se até lá teremos condições de avaliar corretamente o modelo Europeu (DRM), que só será testado no país agora. São Paulo e Rio de Janeiro devem promover os testes. Enquanto esperamos, vemos os debates sobre os testes com o IBOC americano e a discusão da sua robutez para o AM, além do preço, que para muitos é abusivo.
Seja como for, temos que participar desta discussão de perto e não como mero espectadores. Para tanto a Aerj está disposta a colaborar na análise técnica para que o rádio possa enfim transpor o Rio da digitalização.

Missão Cumprida

Estou de volta à Campos. A sensação do dever cumprido é a melhor possível. Passamos dois dias inteiros discutindo sobre o futuro da radiodifusão, com os maiores especialistas no assunto. Vieram radifusores, radialistas, engenheiros, técnicos, estudantes, fabricantes de equipamento e convidados.
O fechamento do II Congresso foi quente, na pauta a questão da digitalização do rádio. Embalados pelas declarações do Ministro Hélio Costa, o presidente da Aerj, Hilton Alexandre, tomou a frente do debate e colocou o dedo na ferida, alertando que se a decisão não vier logo, muitas rádios Am irão sucumbir de vez.
O Fórum Nacional do Am reuniu radiodifusores de todo o Brasil. Tinha gente de São Paulo, Santa Catarina, Pernambuco, Rio Grande do Sul, além do Rio de Janeiro e Espirito Santo. A Aerj tem certeza que é desta forma que o Rio irá recuperar o tempo perdido e entrar de vez na definição do futuro do setor.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Estão chegando os congressistas

Neste momento estamos recebendo os congressistas do II Congresso de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro e Espirito Santo. O transfer está sendo feito direto do Tom Jobim para os hotéis em Copacabana. Estamos também recebendo aqueles que resolveram fazer pessoalmente as inscrições no balcão do Rio Othon. O trabalho é intenso, mas gratificacante, pois mostra que o chamado feito pela Aerj foi atendido. Hoje, às 19 horas, teremos a abertura oficial com a presença do Governador Sérgio Cabral, do presidente da Abert Daniel Slaviero, entre outros.

sábado, 19 de setembro de 2009

Chegou a hora do II Congresso

Amigos, durante quase um ano eu, Edmilson Oliveira da Embrasec, Hilton Alexandre da Aerj e posteriormente Guido Mendes, Eugênia Castilho e Tainá, trabalhamos duro para realização do II Congresso de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro e Espirit0 Santo.
O nosso sonho está para se materializar. A partir de segunda feira estaremos no Rio Othon Copacabana discutindo o futuro da radiodifusão no nosso estado e no estado vizinho. Queremos levar ao conhecimento do setor tudo que anda acontecendo no Brasil a respeito deste importante segmento ecônomico e social. Creio que o objetivo será alcançado, pois não faltaram apoio para a viabilização do II CONGRESSO.
Se o primeiro foi uma quebra de paradigma e foi um sucesso, imagino que este consolidará o evento no calendário das Associações de Emissoras espalhada pelo país a cada dois anos.
Aqueles que forem - as inscrições continuam abertas no www.aerj.com.br ou no balcão do evento no Rio Othon - ouvirão grandes especialistas, terão cursos importantes e conhecerão novas tecnologias que chegaram para facilitar a transição para o digital, como para a convergência e visitarão a FEIRA DOS FABRICANTES NO HALL DO HOTEL.
O II CONGRESSO é inovador na inclusão dos alunos de comunicação social na Arena da Comunicação, evento paralelo e gratuíto, que será ministrado pela Universidade Estácio de Sá, nas dependências do Hotel.
Por tudo isso, temos a certeza que ao final do II CONGRESSO sairemos melhores do que entramos. Teremos mais conhecimento, união e disposição para mantermos a radiodifusão gratuita como direito do povo brasileiro.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Credenciamento para o cobertura do II Congresso de Rádio e Televisão

As emissoras que quiserem cobrir o II Congresso de Rádio e Televisão devem encaminhar o pedido para o email do assessor de imprensa do evento, Guido Mendes. O email é: guido40@gmail.com . As rádios tem direito a dois profissionais e as tvs podem enviar três. Os jornais e sites também tem direito a dois credenciamentos por dia.
O credenciamento poderá ser feito no balcão do Congresso, na segunda feira, na terça e na quarta, no próprio Rio Othon Copacabana. Lá serão exigidos o crachá da empresa e documentos pessoais com fotos.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Aerj homenageia grandes nomes da radiodifusão

A cerimônia de abertura do II Congresso de Rádio e Televisão do Rio e Espirito Santo, que terá início as 19 horas do dia 21, terá como uns dos pontos altos a homenagem a alguns benfeitores da radiodifusão.

Nomes como Evandro Guimarães (REDE GLOBO), Manoel Martins (Ex diretor da AERJ) e Daniel Slavieiro Pimental (presidente da ABERT) receberão, em nome de todos os radiodifusores, a comenda ALFREDO RAYMUNDO. Além Dona Leida (RÁDIO TUPI) que receberá uma placa pelos serviços prestados a nomes como Roberto Marinho, Comandante Djalma, Mário Luis, Guilherme de Souza, entre outros.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Inscrições para o II Congresso continuam abertas

As inscrições para o II Congresso de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro e Espirito Santo continuam sendo feitas pelo site www.aerj.com.br no link do II Congresso. Os interessados devem entrar na página, preencher os dados, depositar o valor e repassar o comprovante por fax ou entregá-lo pessoalmente no evento. Além das inscrições para as palestras, estão abertas as inscrições para os mini cursos e Arena da Comunicação, voltada para os estudantes de comunicação.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Está no "O Globo" de hoje

" O chile vai adotar o sistema nipo-brasileiro de TV digital. O anúncio foi feito ontem pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa. Ele disse ter sido informado pela embaixada chilena em Brasília que a presidente Michelle Bachelet optou pelo padrão adotado no Brasil. Argentina e Peru também optaram pelo sitema nipo-brasileiro. Venezuela e Cuba estão a um passo de aderir. A propagação do sistema híbrido na América Latina é um dos desafios da política do presidente Lula."
Este e outros assuntos serão abordados no II Congresso de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro e Espirito Santo, de 21 a 23 de setembro, no Rio Othon Copacabana. As inscrições continuam abertas através do site http://www.aerj.com.br/ no link do congresso.

fonte: Jornal O Globo
Caderno Economia
Pág: 23

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Governadores estarão na abertura do II Congresso.

O Governador Sérgio Cabral, através do seu cerimonial, confirmou presença na abertura do II Congresso de Rádio e Televisão, na próxima segunda feira, dia 21, no Rio Othon Copacabana. Paulo Hartung, governador do Espirito Santo, também estará presente na abertura oficial.
Agora só falta o Ministro Hélio Costa confirmar. Isto deve ocorrer até quarta feira.

Quase pronto

Esta semana é a de fechamento dos nomes que irão presidir as mesas e moderar as palestras. O interesse pelo II CONGRESSO DE RÁDIO E TELEVISÃO DO RIO DE JANEIRO E ESPIRITO SANTO é tão grande que nós estamos tendo que arrumar as mesas com muito cuidado para não deixar ninguém de fora. Entre os palestrantes todos estão confirmados. Faltam apenas a confirmação de alguns convidados para abertura oficial no dia 21, segunda feira, no Rio Othon Copacabana.
Segundo Hilton Alexandre, presidente da Aerj, caravanas de proprietários de Am virão de várias partes do Brasil para o FÓRUM NACIONAL DO AM que faz parte da programação oficial.
As inscrições continuam abertas no site http://www.aerj.com.br/ no link do II Congresso. Para os esudantes de comunicãção, a Estácio de Sá estará promovendo a ARENA DA COMUNICAÇÃO. a Arena é grátis, mas quem quiser o certificado pagará uma taxa.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Interferência continua

A interferência solar continua pertubando a programação via satélite da band FM. Os ouvintes tem ligado reclamando, mas infelizmente o problema afeta todos os conteúdos transmitidos pelo satélite nesta época do ano. A direção da Band de Campos, juntamente com a parte técnica da Band São Paulo vem trabalhando para minimizar o problema, mas alguns programas estão sendo atingidos em cheio pelo problema. A expectativa fica para o final deste período, que está perto de chegar.

Apoio total

O apoio que os meios de comunicação estão dando ao II Congresso comprovam o acerto da Aerj na sua realização. Até nos jornais temos obtido adesão para divulgação das palestras, mini cursos e da Arena da Comunicação - voltada para os estudantes de jornalismo.
No Espirito Santo o mesmo acontece. Segundo Paulo Gava os radiodifusores estão sendo convidados diretamente pela SERTES e prometem "invadir" o Rio na semana do dia 21. Todos estão veiculando gratuitamente o spot do evento.
Jornais como o Globo, no seu caderno Boa Chance, coluna do Ancelmo, O Dia - rádio e jornal - Rádios Tupi, Globo e Band, dão notas constantes e testemunhais sobre o II Congresso. Não bastasse essa adesão, ainda contamos com o Governo do Estado, Alerj e Funas Centrais Elétricas, entre os principais patrocinadores. A radiodifusão vai se encotrar no Rio Othon Copacabana e mostrar que o setor está unido.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Boa notícia para os estudantes

A Arena da Comunicação promovida pela Universidade Estácio de Sá será gratuita. A decisão foi tomada hoje pela direção da Instituição e os promotores do evento. A intenção é atrair os estudantes ao Rio Othon e colocá-los em contato com os diversos profissionais que estarão se apresentando no II Congresso de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro e Espirito Santo, além de participarem de cursos ministrados pelos professores da Estácio. No entanto os estudantes que quiserem certificados, terão que pagar uma taxa. As inscrições para a Arena podem ser feitas através do hot site do Congresso via site da Aerj (www.aerj.com.br).

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Solidariedade II

COMPANHEIROS

CONCORDO PLENAMENTE COM O NOSSO COMPANHEIRO FLAVIO CAVALCANTE JUNIOR. É PREOCUPANTE.
VEJAM O DESESPERO DE UMA CLASSE, QUE SOFRE COM AS INVESTIDAS DOS PASTORES, QUE AO LONGO DOS ANOS, VEM ENFREQUECENDO O MEIO RÁDIO.
TRABALHEI EM SÃO PAULO, DURANTE MUITOS ANOS, SEI DA FORÇA E DO PRESTÍGIO QUE A RÁDIO CAPITAL, REPRESENTA PARA A RADIOFONIA BRASILEIRA.
SE REALMENTE AQUELE PASTOR, COMPRAR, OU MESMO ARRENDAR, PARA EXPLORAR A RÀDIO, COM PROGRAMAÇÃO EVANGELICA. SERÁ MAIS UMA DERROTA PARA O NOSSO RÁDIO.
O QUEM VEM ACONTECENDO, EM TODOS OS ESTADOS BRASILEIROS, COM ESSE TIPO DE PROGRAMAÇÃO, É PROFUNDAMENTE LAMENTAVEL.
DOS 87 ANOS DE VIDA DO RÁDIO BRAILEIRO, EU TRABALHO E O DEFENDO JÁ HÁ 55 ANOS, COM MUITO AMOR E DEDICAÇÃO E INFELIZMENTE, NOS ÚLTIMOS ANOS, ELE VEM SOFRENDO
DESSE MAL, QUE PODERÁ, NO FUTURO, MUITO PRÓXIMO, ACABAR, E AÍ, DEIXARÁ DE SER O GRANDE COMPANHEIRO E O MAIOR PRESTADOR DE SERVIÇOS, QUE SEMPRE FOI, PARA COM À
POPULAÇÃO DO NOSSO PAIS.
PRECISAMOS NOS UNIR, E TENTAR ACABAR COM ESSA INVESTIDA, QUE VEM CRESCENDO, ASSUSTADORAMENTE.

ALFREDO RAYMUNDO FILHO

Em solidariedade

O rádio aos 87 anos, a má notícia

Este articulista define, desde já, que nada tem contra o uso do rádio e de outros veículos pelas religiões, sejam a católica, as evangélicas, a judaica, a budista ou a islâmica
Luiz Carlos Ramos

A cada mês de setembro, quando do aniversário da chegada do rádio ao Brasil, busca-se uma notícia positiva, capaz de ressaltar que tal data pode ser comemorada com festa. Neste ano, porém, não há motivos para otimismo, apesar dos claros indicadores de recuperação da economia brasileira: o rádio, que já ganhara o apelido de "Primo Pobre" dos demais veículos da mídia, vem perdendo espaço a cada ano. E agora, exatamente em 7 de setembro, dia do 87º aniversário da transmissão pioneira de rádio no alto do Corcovado, no Rio de Janeiro, que daria origem a uma época lendária de grandes emissoras espalhadas pelo país, percebe-se que uma das principais rádios AM de São Paulo, a Capital, está com seu destino selado: algo indica que deixará de ser uma rádio de música, entretenimento, jornalismo e esportes para se tornar mais uma rádio de religião eletrônica, 24 horas por dia.

Este articulista define, desde já, que nada tem contra o uso do rádio e de outros veículos pelas religiões, sejam a católica, as evangélicas, a judaica, a budista ou a islâmica. Além disso, o Brasil deve ser laico, sem beneficiar esta ou aquela fé religiosa. Liberdade de culto, acima de tudo. Se possível, sem pressão na hora de cobrança do dízimo por meios eletrônicos.
Feita essa ressalva, ocorreu um fato jornalístico importante em pleno feriado da Independência: o diretor-geral da Rádio Capital, Francisco Paes de Barros, no cargo há quatro anos e meio, depois de ter dirigido outras rádios de peso, como Globo, Record, América e 9 de Julho, distribuiu um comunicado aos funcionários da emissora, à imprensa e à opinião pública, em que lança um apelo para que sejam afinal esclarecidos os rumos da emissora e, ao mesmo tempo, afirma acreditar na possibilidade de a Capital ir para as mãos de um grupo empresarial de tradição no rádio.
Segundo lugar: O texto de Francisco, reproduzido a seguir, tem como base o fato de nas últimas semanas terem crescido os comentários de que a Rádio Capital estaria sendo vendida ou arrendada para o pastor evangélico David Miranda, da Igreja Pentecostal Deus é Amor, que já controla outras emissoras no Brasil e em dezenas de outros países.
O atual proprietário da Capital, Nelson Morizono, e seus procuradores não se manifestaram publicamente antes do comunicado de Francisco Paes de Barros. A Rádio Capital, criada em 1978 pelo empresário Edvaldo Alves da Silva, dono das Faculdades Metropolitanas Unidas, ocupou inicialmente o antigo prefixo da Rádio Novo Mundo e, mais tarde, passou aos 1040 kHz que pertenciam à Tupi dos tempos de Assis Chateaubriand.
Nos anos 1990, Edvaldo vendeu a Capital para Morizono, então dono do laboratório farmacêutico DM, conhecido por fabricar Vitasay, a "vitamina do Pelé", assim como Doril, Melhoral e outros produtos. A DM foi vendida para outro grupo empresarial há quase dois anos, mas Morizono conservou a rádio, em que os comunicadores Eli Corrêa, Paulo Lopes, Cinthia, José Carlos Gomes, Paulinho Boa Pessoa e Cícero Augusto são as principais atrações. Com jornalismo e uma equipe de esportes, a Capital tem mantido o segundo lugar em audiência AM, com a média de 120 ouvintes por minuto, na Grande São Paulo, mas é captada também no interior e em outros estados e pode ser ouvida também pela internet.
Vale a pena ler o comunicado de Francisco Paes de Barros, a seguir.

"A Rádio Capital foi vendida para o missionário David Miranda? Na última sexta-feira, 4 de setembro, por volta das 18h30, recebi telefonema do engenheiro Tadeu, responsável pelo setor técnico da Rádio Capital, informando-me que representantes do missionário David Miranda telefonaram para o Jeová, técnico encarregado do sistema irradiante, em Diadema, participando que iriam avaliar o estado dos transmissores na segunda-feira, dia 7 de setembro. Não autorizei a visita e, além disso, procurei imediatamente a Meire, procuradora do Nelson, dono da Rádio. Demonstrando surpresa, ela, em tom categórico, ratificou a minha decisão. Os rumores a respeito do possível arrendamento com o compromisso de venda da Rádio Capital aumentaram bastante, depois desse fato do último fim de semana. Tenho recebido muitos telefonemas e indagações de funcionários. Eles querem saber se a Rádio foi mesmo vendida ao missionário David Miranda. Como Diretor Geral da Rádio Capital, na qualidade de colega de trabalho de jornalistas, radialistas, publicitários e funcionários em geral e tendo em vista o interesse da imprensa e da opinião pública em saber o que está realmente acontecendo com a Rádio Capital (Rádio Novo Mundo Ltda.) – 1040 kHz – 200.000 watts de potência, tenho a dizer o seguinte: A Rádio Capital AM prossegue com sua programação normal, que a levou ao segundo lugar em audiência entre as rádios AM na região metropolitana de São Paulo e à liderança no período da tarde. Até o presente momento, porém, a procuradora do dono da Rádio não divulgou informação concreta aos diretores e funcionários sobre a possível venda ou arrendamento dessa emissora criada em 1978. Os profissionais da emissora receberam com surpresa a notícia não confirmada de que a Rádio teria sido vendida ou arrendada. Uma vez que a Rádio Capital passou por completa reestruturação nos últimos quatro anos, tornando-se lucrativa e ampliando seu prestígio junto aos ouvintes, esses profissionais torcem para que, no caso de ocorrer a confirmação da venda ou do arrendamento, a transferência do comando seja para um grupo de tradição no rádio paulista, capaz de manter o atual estilo de sucesso e de utilidade pública. Neste período, a Rádio Capital AM tem colocado em prática um estilo de rádio popular com responsabilidade social, valorizado por comunicadores e pelas equipes de jornalismo e de esportes. No campo da fé, a Capital é uma rádio ecumênica. Importante notar um detalhe: a rentabilidade das emissoras de rádio que vivem do mercado publicitário não tem condições de competir com as vultosas importâncias oferecidas por pessoas estranhas ao meio radiofônico no momento da compra ou arrendamento de emissoras. Centenas de emissoras de rádio e TV do País já estão nas mãos dessas pessoas ou abrem parte de sua programação para esses grupos. Com isso, emissoras de tradição são descaracterizadas. O verdadeiro rádio vai perdendo espaço. Pode ser a extinção das profissões de radialista e de jornalista do meio eletrônico, como rádio e TV. Conheço o Nelson, dono da Rádio Capital, há quase 40 anos. Nosso relacionamento sempre foi profissional, inclusive nos últimos quatro anos e meio, período em que dirigi sua emissora. O tempo, o dinheiro, a fama e o poder não transformaram o caráter do Nelson. Ele é um homem simples, bom, sensível e muito humano. Era pobre quando começou a trabalhar; hoje é um dos maiores empresários do Brasil. Empresário de espírito público, ele sabe que o avanço avassalador de pessoas estranhas ao meio radiofônico, ocupando espaços importantes nas emissoras de rádio e de televisão de quase todos os municípios do Brasil, ameaça o emprego de milhares de jornalistas, radialistas e publicitários. E mais: Nelson sabe que o serviço de radiodifusão, "embora conduzido por particulares, na essência e na imanência, é público e de relevante interesse social". Apesar dos fatos mais recentes, confio que o Nelson, pelo menos, mantenha a Rádio Capital em mãos de radiodifusores autênticos. Caso contrário, não só estarão ameaçados os empregos de 60 profissionais. São Paulo também sofrerá prejuízo: o rádio sairá perdendo grande parte de sua voz. "
Francisco Paes de Barros

Marcos Hummel será o mestre de cerimônia do II Congresso

Está praticamente assegurada a participação de apresentador Marcos Hummel, como mestre de cerimônia do II Congresso de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro e Espirito Santo. A TV Record espera apenas alguns contatos da assessoria do Congresso para finalizar a participação do Repórter Record. O II Congresso vem recebendo apoio de todas as grandes Redes de Rádio e Televisão do Estado do Rio. Além da Record, a Globo, Bandeirantes, SBT, Sistema Globo de Rádio, Super Rádio Tupi, FM O Dia, Super Rádio Tupi, entre outras estarão presentes nas plenárias programadas. As inscrições podem ser feitas no site www.aerj.com.br .

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Visita do Gestor

Amanhã a Super Rádio Tupi de Rio Bonito e a Band Fm de Campos estarão recebendo a visita do Gestor do Grupo MPE, proprietária das emissoras. Luiz Rogério Magalhães vem conversar com os novos diretores da Super Rádio Tupi e ver a repercussão do trabalho junto a comunidade da baixada litorânea. Em Campos ele terá um encontro com a equipe da emissora para reforçar a missão da empresa e as metas de 2009.

Band na Expo Agro de São Francisco

A Band Fm será a rádio oficial da XVII Expo Agro de São Francisco, que acontece de 17 à 20 de setembro, no Parque de Exposição, em Praça João Pessoa. A emissora vai levar seus Dj's para aquecer a boate "ENERGIA" e terá um espaço comandado pelo locutor Vitor Sarlo, que é local de São Francisco de Itabapoana. A Expo Agro terá como grande atração a banda de forró Arribasaia, que se apresentará no dia 19, sábado, entre outros shows. A abertura oficial será no dia 17, às 20h.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Sobre a boataria

O meu amigo disse que é dificil a Globo dá o troco na Super Rádio Tupi, pois ela dá preju ao Sistema Globo, holding da emissoras do grupo. A CBN e a Beat98 dão lucro. Como então convencer os acionistas a porem mais dinheiro no negócio.

Ele me informou que soube de um grande banco que ofereceu 70 milhões nas rádio JB FM e OI, numa venda casada, mas o negócio não foi aceito. Como se vê o boato está no ar... imagina como será isso no II Congresso de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro e Espirito Santo. Imperdível!

Boataria solta

Está rolando o maior boato no Rio dando conta de que o Sistema Globo teria adquirido a MPB Brasil 90,3 FM. Segundo o pessoal do meio a Globo teria sacado 25 milhões de reais para concretizar o negócio e que em breve colocaria o sinal da Rádio Globo AM neste canal para voltar a competir em pé de igualdade com a Super Rádio Tupi. Por enquanto ninguém confirma a estória, mas onde há fumaça, há fogo.

Outra nota saída direta da boca de matilde é que afirma que a JB FM teria passado para mãos dos controladores da Quiz FM e se tornaria uma rádio Rock. Bem, verdade ou não, boatos não se sustentam por muito tempo. Vamos acompanhar os próximos capítulos. Amigos que consultei garantem que tudo não passa de conversa fiada. Mas é certo que a Globo prepara seu troco pra cima da concorrência.

Enquanto isso o Rádio...

Adoção do ISDB-T na região é estratégica para indústria brasileira

A Argentina tornou-se o terceiro país a adotar o padrão de TV digital nipo-brasileiro, chamado ISDB-T (Integrated Systems Digital Broadcasting Terrestrial), depois do Brasil e do Peru. Na última sexta-feira, na cidade argentina de San Carlos de Bariloche, os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Cristina Kirchner assinaram o acordo que permite a implantação do sistema naquele país.

A decisão é um passo importante no processo de consolidação do ISDB-T como padrão de TV digital nos países da América do Sul. Processo este que é fruto da ação determinada do governo brasileiro, sob a liderança dos ministros Hélio Costa (Comunicações) e Dilma Rousseff (Casa Civil). A opção feita pelas autoridades argentinas acontece depois de três anos de uma disputa comercial que envolveu ainda os modelos europeu e norte-americano. O mesmo caminho pode ser seguido agora por nações como o Chile, Equador, Venezuela e Cuba.

No Brasil, 20 meses após seu lançamento, o ISDB-T está em ritmo avançado de implantação: o sinal digital chegou a 23 capitais e já cobre mais da metade dos 53,4 milhões de domicílios com televisores. Há 1,2 milhão de televisores com receptores digitais integrados ou com decodificadores e 400 mil celulares e minitelevisores que captam o sinal digital.

Com atributos tecnológicos singulares como o padrão de compressão mais moderno, a interatividade e a mobilidade, estamos certos de que a adoção do ISDB-T deverá avançar na região, garantindo, assim, a abertura de perspectivas muito promissoras para a indústria brasileira, em termos de escala de produção, geração de emprego e de divisas.

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão – ABERT

Brasília, 1º de setembro de 2009.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Sandro Ferreira está dando um show na Rádio Globo Macaé

Desde o final de julho a Rádio Globo Macaé está atuando na frequência 820 AM, antiga Rádio Jornal. A novidade tem sido acima do esperado e o locutor Sandro Ferreira vem dando um show no programa Manhã da Globo. Vale a pena conferir como ele mantém o ritmo da emissora quando está passa o bastão para programação local. Se continuar deste jeito em breve Sandro vai ser cobiçado pela Globo Rio. O programa Manhã da Globo vai ao ar das 10 às 13 horas.

Grande locutor

Quando abri o blog hoje deparei com a simpática adesão de um dos maiores locutores que Minas Gerais já produziu: Reginaldo Gomes, Sucesso! Reginaldo já coordenou diversas emissoras em Minas, entre elas a Transamérica e se tornou um grande parceiro. Sempre que vou a Belô tiro um tempo para aprender um pouco mais com o Reginaldo. Daqui deste espaço rendo homenagens a ele. E olha que Minas tem locutor bom e um deles é meu amigo pessoal.

Como se inscrever na Arena

Falando agora a pouco com Guido Mendes sobre como se inscrever na Arena, ele me disse que será no Hot Site do evento, através site www.aerj.com.br no link do II Congresso. Os valores das inscrições estão sendo definidos entre a organização do congresso e a universidade.

II Congresso terá Arena da Comunicação comandada pela Universidade Estácio de Sá

A programação da Arena da Comunicação, foi apresentada pela Universidade Estácio de Sá. A Arena acontecerá ao mesmo tempo que o II Congresso do Rio e Espírito Santo, nos dias 21, 22 e 23 de setembro no Rio Othon Copacabana, num espaço reservado para suas atividades. Veja a programação:

Abertura: Dia 21 de setembro

18hs - Gisela Madureira e Carlos Sigelman

A importância do mercado da radiodifusão para a propaganda
brasileira.
- A imagem é tudo? Um painel sobre o marketing no rádio e na TV.

Dia 22 de setembro / Manhã
Paulo Madureira

- O Rádio transformando sociedades –
Como está se comportando o primeiro veículo de comunicação de massa com a invasão das novas tecnologias?- A internet é uma aliada ou inimiga que precisa ser combatida? O que precisa mudar? – Um painel sobre a realidade dos profissionais de rádio.

Dia 22 de setembro/ Tarde
Sérgio carvalho

- Oficina de Rádio –

Exposição das informações essenciais que os futuros profissionais precisam para encarar uma redação e um estúdio de Rádio.- As diferentes modalidade do rádio – AM, FM e Web.

Dia 23 de setembro / Manhã

- Mayrton Bahia

- A Televisão ainda é a vedete do mercado de radiodifusão ou também está ameaçada pela internet e os canais comunitários que se propagam pelo país?-

O que é preciso para se fazer televisão de boa qualidade e exportar a cultura brasileira mundo a fora?- Todas as emissoras de canal aberto estão trabalhando para manter um padrão de qualidade na programação, na imagem e no conteúdo?- Imagem e a invasão do merchandising.

Dia 23 de setembro tarde

Patrícia Cupello Katy Navarro

- Oficina de TV – Para fazer televisão é preciso muito mais que paixão. Vamos dar uma visão geral da produção de um programa de televisão com foco na qualidade do conteúdo, edição, modelos de apresentação e outros.