sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Canais digitais não poderão ser divididos

Governo barra novos canais de TV e agrada às emissoras
27/02/09
O Ministério das Comunicações publicou nesta quinta-feira (26), no Diário Oficial da União, novas normas técnicas para a regularização da TV digital pública no Brasil.
A novidade é o bloqueio à multiprogramação com o uso do sinal digital. Quer dizer que as emissoras comerciais, públicas e estaduais estão impedidas de dividir um canal em quatro, sem perda de qualidade nos sinais, tecnologia considerada como uma das vantagens da TV digital.
Segundo informa Daniel Castro, do jornal Folha de S.Paulo, o ato assinado por Hélio Costa, ministro das Comunicações, atende ao interesse das grandes redes comerciais, que rejeitam concorrência com a abertura de novos canais. Porém, atrapalha os planos de grupos como a Abril que pretendia expandir a atuação dos canais Fiz e ideal, atualmente transmitidos apenas na TV paga e frequências abertas da MTV.
A norma 001/2009 também impede que a TV Cultura leve adiante projeto de uma universidade virtual paulista. Segundo o documento "a multiprogramação somente poderá ser realizada nos canais [...] consignados a órgãos e entidades integrantes dos poderes da União". Apenas as TVs do governo poderão transmitir em multiprogramação as sessões de comissões do plenário.
Segundo MArcelo Bechara, consultor jurídico do Ministério das Comunicações, a norma visa a impedir a locação de canais digitais para televendas e igrejas. "Tem gente que não é séria. Com a TV digital, iria transmitir a programação dela em um canal e alugar os outros três", justifica em declaração à Folha.
Com informações da coluna Outro Canal.
Redação Adnews

Foi bom ver

Estivemos presente na transmissão dos desfiles do carnaval carioca, juntamente com outras emissoras do Rio. Foi bom ver todos reunidos traduzindo, para os ouvintes, toda emoção do maior carnaval do mundo. Rádio Tupi, Globo, Bandeirantes, Manchete, Transamérica, Jovem Pan, O Dia e até a Rádio Gaúcha, estiveram presentes com seus repórteres e locutores correndo de um lado para o outro atrás de informações. A Band de Campos foi representada por mim e por Adriana Maia. Nos estúdios ficaram Rogério Soares, Rômulo Guimarães, Carlos Augusto e Carlos José (os dois tem apelido de Cacau).

Humberto Moreira Alvez informa

"Em uma cidade cheia de tradições, mas que os atuais detentores do poder acham em bricar com a cultura, não realizando o carnaval, é com muito orgulho que devemoscomemorar a vitória da Mocidade Alegre, em São Paulo e a escolha do Wantuir - Grande Rio -, como melhor intérprete do carnaval carioca, pelo jornal O Dia. Lembrete: a Mocidade Alegre foi fundada por campistas, que eram da Mocidade Louca. Já o Wantuir, é da tradicional família Da Hora, do Parque Leopoldina, que realizada um excelente trabalho de resgate de nossa cultura com apresentações de Jongo e da Mana Chica, em nossa cidade e Região. Em outubro, na apresentação do enrêdo do Bloco "Os Psicodélicos", o show do Wantuir foi inesquecível, lotando a quadra. Um abraço, e que os espíritos do Roberto Ribeiro, Ataíde Dias, Wilson Batista e do Coronel Ponciano, baixe na cabeça dessa gente."

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

A Abert critica projeto que facilita a vida das rádios irregulares

1ª Edição - Entidades desaprovam projeto que ameniza rádios irregulares
DCI - Diário Comércio, Indústria e Serviços - Notícias - Rádio
Agência Brasil BRASÍLIA - Um projeto de lei do governo federal que prevê que a operação de rádios irregulares deixe de ser crime não agradou nem as rádios comerciais, nem as comunitárias. Por um lado, o temor é de que a proposta possa estimular a disseminação de rádios que funcionam sem licença. Por outro, a crítica é contra o endurecimento das penas para quem causar interferências que coloquem em risco a segurança, como na comunicação de aviões ou no funcionamento de equipamentos médicos. O coordenador executivo da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), José Soter, explica que as interferências são geralmente causadas por problemas técnicos, que poderiam ser resolvidos em âmbito administrativo. Para ele, o projeto vai legalizar a repressão contra as rádios comunitárias. “Agora, a Polícia Federal, a Anatel [Agência Nacional de Telecomunicações] e o Judiciário passam a ter uma base legal para justificar a ação de repressão”, argumenta. A Abraço reconhece os avanços do projeto, como o fim da tipificação da radiodifusão irregular como crime e a proibição de arrendamentos e do proselitismo nas rádios comunitárias, mas também critica a proibição de publicidade nas rádios comunitárias. “O projeto tira a Polícia Federal de cima das emissoras que não têm autorização, mas inclui todas as emissoras, inclusive as com autorização, na lei para justificar a repressão”, diz Soter. A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) também diz que está preocupada com as conseqüências do projeto. “O fato de ter uma rádio sem estar devidamente licenciada não é um assunto grave para o governo. Esse projeto sinaliza que o governo tem simpatia pela causa e não está muito a fim de acabar com esse excesso de rádios”, critica o diretor-geral da entidade, Flávio Cavalcanti Jr. Segundo ele, o Brasil tem hoje cerca de 15 mil rádios funcionando de maneira irregular, que prejudicam a freqüência das emissoras outorgadas. Para a Abert, ao amenizar as punições, o projeto pode funcionar como um estímulo à prática delituosa. Tanto a Abraço quanto a Abert prometem trabalhar para aperfeiçoar o Projeto de Lei 4573/09, enviado recentemente ao Congresso Nacional. “Vamos tentar convencer os parlamentares de que essa não é a melhor solução”, diz Cavalcanti. O secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Pedro Abramovay, explica que a intenção do governo com o projeto é tirar a discussão sobre as rádios do âmbito do direito penal e passar para o âmbito administrativo. “Certamente não deve ser crime a mera emissão de uma onda de rádio fora dos regulamentos da Anatel”. Segundo o secretário, atualmente a Polícia Federal tem mais de mil inquéritos para investigar rádios clandestinas. “Isso não faz nenhum sentido, a polícia tem que cuidar de crime organizado, ir atrás de corrupção, do tráfico de drogas, não pode ficar entrando em regiões de periferias da cidade atrás de uma rádio que está funcionando sem autorização”, diz. Abramovay admite que existe um desvio de recursos da Polícia Federal para uma área que, segundo ele, não está entre as principais preocupações da população. Flávio Cavalcanti Jr, da Abert, critica a justificativa. “O governo não consegue tirar as rádios irregulares do ar e acha que a solução mais simples é descriminalizar”, afirma. Pela legislação atual, a emissão de material radiofônico sem autorização é crime, de acordo com o Código de Processo Penal, com pena prevista de dois a quatro anos de reclusão. O projeto de lei do governo substitui a prisão por punições administrativas como apreensão de equipamentos, multas e a impossibilidade de se candidatar ao processo de habilitação de rádios comunitárias. No entanto, a proposta aumenta as punições no caso de interferências, com reclusão de dois a cinco anos. O projeto de lei será analisado primeiramente pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, depois será encaminhado à Comissão de Ciência e Tecnologia.

Fábio Paes diz não está comprando a Absoluta Am

O empresário Fábio Paes desmentiu nota do blog do Roberto Moraes que dava conta de que ele havia comprado a Rádio Absoluta Am. Segundo Paes é infundada a informação e ele nem sabe quem são os donos da emissora. A verdade é que Fábio está curtindo a folga da semana de carnaval e foi surpreendido por este boato. Conheço pessoalmente Fábio Paes e acredito que não exista nada a respeito. Mas onde há fumaça, há fogo. Se o Fábio não tá comprando, pode ser que outro esteja.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Só pra não deixar cair no esquecimento

Este email me foi enviado pelo companheiro de rodas de samba, Rogério Soares.

CAMPOS, TERRA DE BAMBA
O Samba, que acaba de ser reconhecido como patrimônio cultural brasileiro e é fator de identidade nacional, é também orgulho e referência campista, pois possuímos diversos conterrâneos que honraram, fizeram e fazem muito para que este reconhecimento acontecesse. Por isso é que podemos bater no peito e dizer: Campos, Terra de Bambas.
Veja a nossa galeria:

1 – WILSON BATISTA
A maior expressão do samba campista. Nasceu em 13 de junho de 1913, estudou no Instituto de Artes e Ofício, fez parte do Grupo “Corbeille de Flores”, em Campos.
Cedo foi para o Rio de Janeiro, onde passou a frequentar os bares e cabarés da Lapa e da Praça Tiradentes, ponto de encontro da boemia carioca, na época.
O primeiro samba de Wilson gravado, foi “Na Estrada da Vida”, cantado por Aracy Cortes, então cantora mais famosa do Brasil. O primeiro sucesso foi “Desacato”, em parceria com Paulo Vieira e Murilo Caldas, música gravada pela dupla Francisco Viola – o famoso Chico Viola – e Castro Barbosa.
Freqüentador da Lapa e Praça Tiradentes, aprendeu a dar valor à malandragem, jeito de vida que exaltou no sucesso “Lenço no Pescoço”, terceira gravação, cantada por Silvio Caldas. Dando início a famosa polêmica com Noel Rosa. Noel, que era branco e de classe média, fez com que a crítica olhasse a obra do campista com má vontade, pois Wilson era negro e pobre.
Wilson Batista é autor de grandes sucessos, como:“Louco”,“Emília”,“Pedreiro Valdemar”, ”Balzaquiana”, “Mundo de Zinco”,”Chico Viola”, “Bonde de São Januário” e o “Samba Rubro Negro” –“Flamengo joga amanhã eu vou pra lá/ Vai ser mais um baile no Maracanã” ..-, que registrou a sua paixão pelo clube da Gávea.
Quando morreu, em 7 de julho de 1968, estava consagrado. Está enterrado no Cemitério do Catumbí, no Rio de Janeiro.
Vale lembrar, que o sucesso de Wilson era tão grande que ele vivia sendo perseguido por um violonista baiano, querendo uma chance. Era o hoje famoso João Gilberto.

2 – DÉLCIO CARVALHO
Nascido em 8 de março de 1939, começou a cantar no Programa do Jece Valadão, na Rádio Cultura de Campos. Fez parte da famosa Orquestra do Cícero Ferreira, enquanto estudava alfaiataria na Escola de “Aprendizes e Artífices”- hoje Cefet -.
Em 1958, foi servir ao Exército, no Regimento de Cavalaria e Guardas, onde foi “crooner”, da banda.
No Rio, começou a frequentar vários programas de rádio. O primeiro sucesso veio com “Esperanças Perdidas”. Depois, os sucessos como: “Sonho Meu”, “Acreditar”, “Alvorecer”, “Amor sem Esperança”, “Sorriso de Criança”, “Minha Verdade”, todos em parceria com a Dona Ivone Lara. Com outros autores, fez: “Igual a Flor”, “Velha Cicatriz”, “Quando a Paixão me Dominar”,”Meu Escudo”, “Vendaval da Vida” e tantos outros.
Délcio continua sendo o bom camarada, compondo cada vez mais, músicas que ficarão na lembrança de todos nós. Ele acaba de obter o patrocínio da Petrobrás para a gravação de três CD's, contendo 42 músicas, entre inéditas e conhecidas, para deleite de seus admiradores.

3 – ROBERTO RIBEIRO
Nascido em 20 de julho de 1940. Estudou no Grupo Escolar João Pessoa e trabalhou na Padaria Império, enquanto participava de vários programas de calouros, nas rádios Cultura, Continental e Difusora, de Campos. Ainda aqui, cantou como profissional nas boates “Escorre Sangue”, “Paraíso Perdido”e “Dadá”
Foi goleiro dos juvenis do Rio Branco e do Goytacaz. Daí, sendo levado para o Fluminense do Rio de Janeiro, onde jogou ao lado de outros campistas, como: Evaldo, hoje subsecretário de Esportes de Belo Horizonte; João Francisco, que depois foi ídolo no Rio Branco, de Vitória-ES, onde vive.
Não deu sorte no futebol, mas continuou no Rio e logo em seguida foi contratado por Sargentelli, para cantar na boate Oba-Oba. Apresentou-se ainda, nas boates Pujol, Plaza e nas do Beco das Garrafas. Por cinco anos, fez parte do Projeto “Noitadas de Samba”, do Teatro Opinião, onde também parcipavam: Clementina de Jesus, Nelson Cavaquinho, Dona Ivone Lara, Leci Brandão, Nelson Sargento e o Conjunto Nosso Samba.
Desde 1959 integrava a Ala dos Compositores da Império Serrano e com competência, conquistou o lugar de “puxador” de samba-enredo da verde- e- branco, de Madureira, onde permaneceu por dez anos.
Em 1971, Adelson Alves, da Rádio Globo, produziu um LP, com o título “Quem Samba Fica”, com gente do quilate de João Nogueira, Dona Ivone Lara, Haroldo Melodia, Naldinho da Ilha, onde o maior destaque foi o nosso Roberto Ribeiro.
Em 1973, com os irmãos Norival, Flávio, Natal e Maciel, formou o Grupo Família, que acompanhou Roberto por 10 anos.
Ele contribuiu com a fundação do Clube do samba, junto com João Nogueira, Ney Lopes, Dona Ivone Lara, Monarco e o campista Délcio Carvalho.
Em 1972, sagrou-se vencedor do samba-enredo “Alô, Alô, Taí Carmem Miranda”, quando foi eleito ainda o melhor puxador na avenida, ganhando o Estandarte de Ouro, do jornal O Globo.
Em !975, lança o 3º LP, tendo como carro chefe “Estrela de Madureira”. Outros grandes sucessos de Roberto, foram: “Todo Menino é um Rei”, “Acreditar”, “Vazio”, etc
Em 8 de janeiro de 1996, faleceu em conseqüência de um atropelamento, no Largo do Anil, em Jacarepaguá.

4 - JOEL TEIXEIRA
Nascido em 3 de maio de 1948, o sambista se revelou no Programa de Herval Manhães, da Rádio Campista Afonsiana, atual Record. Filho caçula de Júlia Claudino e Pedro Teixeira Filho.
Foi criado na rodas de jongo que sua mãe promovia, no quintal de casa, em Ururaí. Antes de chegar as rádios, cantou em Parques de Diversão e Circos.
Com 17 anos, fugiu para o Rio de Janeiro, na carona de caminhão. Na mesma semana se inscreveu como calouro no “Programa do Chacrinha”, na Tv Excelsior. A música cantada “Opinião”, de Zé Kéti, com a qual foi o melhor calouro da noite, serviu de passaporte para o programa “A Grande Chance”, de Flávio Cavalcanti, na Tv Tupi. A partir daí, Flávio foi o maior incentivador da carreira de Joel, a quem deu o título de “defensor das mulheres”, por causa das músicas “O Homem que Bate em Mulher é Covarde”, “A Mulher Merece Perdão” e “Mulher boa é a de Casa”.
Em 1975, gravou “Falsa Traição” e Quero ser seu Dono”. No ano seguinte, foi levado por Zuzuca, para o Bloco Bafo de Bode, de Jacarepaguá, onde gravou o samba-enredo “Festa Junina em Dias de Carnaval”.
Contratado pela Odeon, em 1978, lançou o primeiro LP, chamado “Bom Dia Amor”, que fez sucesso no Brasil e no Japão, onde Joel, na ocasião, fez 33 apresenta ções. Desde então, os discos foram frequentes. Em 1979, lançou “Amanheceu”. Em 1980, “Quando o Sol Brilhar”, cuja música título, foi a mais executada no carnaval carioca daquele ano. Em 1982, “Ciúme de Viola”. Em 1984, “Um Sorriso Amigo”, onde incluiu o samba “Minha Terra”, uma homena gem à mulher campista, composição feita em parceria com Mauro Silva e Noca da Portela, para o Bloco BRUC de Campos.
O maior sucesso da carreira de Joel, aconteceu com o lançamento do LP “Do Jeito que o Povo Gosta”, de 1985, com a música “Pagode do Compadre”. Outro grande sucesso foi “Mané Carvoeiro”, com o disco “Bom de Pagode”, de 1988.
O último trabalho foi o show “Samba Sim Senhor”, dirigido por Paulo Moura, lançado em 1990, que percorreu diversas cidades brasileiras. A pesquisa e a escolha do repertório foram feitas por Ricardo Clavo Alvim.
Ao falecer, em 2005, Joel Teixeira apresentava um programa diário, na Rádio Bandeiran tes, no Rio de Janeiro e preparava para lançar um outro disco.


5 – SEBASTIÃO MOTTA
Nascido em 19 de março de 1916, na Fazendinha, em Poço Gordo. O caçula de Antonia Cordeiro e Gervásio Rangel da Motta Vasconcelos, conhecido pelo apelido de “Sinhosinho”. Sebastião era neto do famoso “coronel” Chico Motta, proprietário da Usina Poço Gordo.
Com 14 anos, foi morar em Campos, onde estudou na Escola de Aprendizes e Artífices, hoje CEFET. Em seguida, foi morar no Rio de Janeiro, onde estudou no Colégio Pedro II. De volta a Campos, conseguiu o primeiro emprego: chefe de disciplina do Colégio Bittencourt. Foi lá que conheceu Ruth, com que se casou em 1944. Tiveram 4 filhos: Júlio César, Marco Auré lio, Carlos Fernando e o caçula Paulo Virgílio.
Em 1952, começou a compor, incentivado por amigos. Em 1954, fez a primeira gravação, pela gravadora Continental, que tinha como Diretor Artístico, o compositor João de Barro, o com sagrado Braguinha. O arranjo, de Radamés Gnatalli e músicos como Chiquinho do Acordeon e um pianista que estava iniciando, chamado Antonio Carlos Jobim. Em seguida, as gravações de “Castigo do Céu” e “Fechei a Porta” - o maior sucesso de sua carreira, com mais de 80 gravações . Ambas na voz inconfundível de Jamelão:
“Eu não quero mais amar/ Pra não sofrer ingratidão/ Depois do que eu passei/ Fechei a porta
do meu coração/ Eu dei pra ela, todo o carinho/ E no entanto, acabei sozinho”. Outros sucessos
foram: “Cobra Venenosa”, “Rio, Quatrocentão”, “Dora” e “Nova Capital”, sucesso na voz das irmãs Linda e Dircinha Batista.
Na década de 60, Sebastião foi um bondoso chefe de disciplina, na Escola Agro- Técnica de Campos, hoje Colégio Agrícola.
Faleceu em , deixando uma legião de amigos e um jeito todo elegante de viver. Para melhor conhecer Sebastião, veja o que ele respondeu ao jornalista Winston Churchill, quando perguntado como gostaria de ser lembrado no futuro, Ele respondeu - “gostaria de ser o nome de uma noite”-. Mais poeta, impossível.

6 – ALUÍSIO MACHADO
Nasceu em 13 de abril de 1939 e cedo foi para o Rio de Janeiro.
Em 1956, saiu pela primeira vez na bateria do Império Serrano, depois foi passista e segundo mestre sala. Daí para a Ala dos Compositores foi um pulo. Mas na época, frequentava os shows do Teatro Opinião e por causa desses compromissos, foi afastado do Império, passando 10 anos, na Ala dos Compositores da Vila Isabel.
Em 1982, junto com Beto Sem Braço, que era da Vila, foi convidado para voltar para o Impé rio, onde logo emplacou o antológico “Bumbumpaticumbum purungundum”, em dupla com o Beto "Sem Braço". Fizeram ainda, “Eu Quero”, “Mãe Baiana”, “Quem Não Se Comunica, Se Trumbica”,“Jorge Amado, Axé Brasil”, “Verás que um Filho teu, não Foge À Luta”, “Império Serrano, um Ato de Amor”, “Heróis da Liberdade”.
De esquerda, Aluísio marcou o seu repertório com várias músicas de protesto, que lhe valeram vários problemas com a censura.
Atualmente, Aluísio que é o maior vencedor de samba-enredo do Império Serrano, continua compondo sambas geniais, agitando a quadra da verde e branco de Madureira e fazendo shows, por todo o Brasil.


7 - JURANDIR DA MANGUEIRA
Jurandir Pereira da Silva, nasaceu em 1 de agosto de 1939. Ainda criança, acompanhando seus pais José Bertolino Pereira da Silva e Erondina Pereira da Silva, foi para o Rio de Janeiro, morar na Candelária, no Complexo da Mangueira.
Menino saudável, de sorriso meigo e contagiante, rapidamente conquistou a simpatia e o bem querer de todos que o conheciam. Ele dividia o seu tempo entre a escola, a visinha Quinta da Boa Vista, o campo do Cerâmica e pelada nos terrenos baldios da vizinhança.
Na adolecência, sua veia poética começou a aparecer, iniciando a carreira admirável de compositor. Aos dezessete anos, Jurandir já
fazia parte da seleta Ala de compositores da Estação Primeira de Mangueira, ao lado de Carlos Cachaça, Nelson Cavaquinho, Cartola,
Hélio Turco, Alvinho, Pelado e do também campista José Ramos e outros bambas da verde e rosa, na arte de compor.
Para manter o corpo e mente saudáveis, Jurandir preaticava Judô,
pela equipe do Clube de Regatas do Flamengo, embora fosse vascaíno roxo. Chegou a faixa "marron", quando passou a transmitir o seu conhecimento à criançada, na quadra da Cerâmica.
Nesta época, conheceu a bonita e faceira cabrocha mangueirence, Cleonice Pereira de Souza, com quem casou em 26 de maio de 1967. Desta união, nasceram cinco filhos: Gilmar, Jeane, Gilcéa - dona de belíssima vos e interpretação -, Gilson e Gerson, compositores como o pai e excelentes instrumentistas. Embora a família seja toda de sambistas, temos que destacar a linda e meiga Rejane, neta e que desde muito nova, é uma das principais passistas da Mangueira.
Em sua trajetória de compositor, Jurandir teve a glória de ver a Escola desfilar com 12 sambas de sua autoria, qua são: "Exaltação a Villa Lobos, - um clássico -, em 1966; 'O Mundo Encantado de Monteiro Lobato", em 1967; "Mercadores e suas Tradições", em 1969; "Modernos Bandeirantes", em 1971; "Dos Carroceiros do Rei ao Palácio do Samba", em 1978; "De Nonô a JK", em 1984; "Ô Abre Alas, Que Eu Quero Passar", em 1985; " Cem Anos de Liberdade e Ilusão", em 1988;
" Deu a Louca no Barroco"- Sinhá Olímpia -, em 1990; "As Três Rendeiras do Universo", em 1991 e "Se Todos Fossem Iguais a Você" - uma homenagem a Antonio Carlos Jobim -, em 1992.
Como compositor de meio de ano, Jurandir teve músicas gravadaspor diversos cantores: Emílio Santiago, Alcione,Beth Carvalho, Dudu Nobre, o Grupoi Fundo de Quintal, etc. Entre suas músicas, podemos citar: "Talento de Mestre", "Palácio Encantado", "Tanto Faz", "Setembro", "Colibri", "Velho Bamba" e mais de uma centena de obras primas, que não foram gravadas, devido a extrema humildade do compositor.
Bom intérprete, Jurandir apresentou-se nas mais conceituadas casas noturnas, clubes, cidades, inclusive em Campos, com um show dirigido por Mário Lago Filho, chamado "Os Três Bambas", com os outros campistas Aluísio Machado e Délcio Carvalho. Com a "Velha Guarda Show", ela atravesou fronteiras, apresentando na Europa, Japão e Estados Unidos. O grupo chegou a ser indicado para o prêmio "Grammy", de música latina.
Faleceu em 25 de abril de 2007.
Esta biografia foi fornecida pelo pesquisador de música brasileira e companheiro de trabalho e da família do Jurandir, Edmar Araújo.



Outros sambistas, com ligação com Campos:

CARTOLA
O genial sambista era carioca, nascido em 11 de outubro de 1908, no Palácio do Catete, filho de Sebastião Joaquim de Oliveira e Aída Gomes de Oliveira, que tiveram sete filhos. Cartola era o quarto dos filhos. Seu Sebastião e Dona Aída eram campistas de Morro do Coco e foram levados para o Rio, por Nilo Peçanha, quando este, foi eleito vice presidente em 1906, na chapa com Afonso Pena. Cartola, Angenor de Oliveira, era assim que se chamava o poeta, foi batizado por Nilo, que inclusive, presenteou seu Sebastião, pai do poeta, com a casa na Mangueira, onde a família foi morar, quando este tinha 11 anos de idade, onde mais tarde, ajudou na fundação da Mangueira e inclusive deu as cores da Verde e Branco.
Ele foi pintor,pedreiro, lavador de carro,vigia e contínuo de repartição pública.
Cartola gravou o primeiro disco em 1874, aos 65 anos, é o autor de: “As Rosas não Falam”, “Tive Sim”, “ Nervos de Aço”, “O Mundo é um Moinho”,”Corra e Olhe o Céu”, etc.
Ele vinha bastante em Campos em companhia da Dona Zilca, sua terceira esposa, onde frequentava o Bar do Leleu, na Alberto Torres, onde gostava de tomar Conhaque de Alcatrão e
o Restaurante Garcês, ao lado da Igreja da Boa Morte, onde era fâ
do jacaré desfiado. Ia também à Morro do Coco, de onde surgiu o sucesso "Ensaboa Mulata", que fez em homenagem as suas tias que ele via lavando roupas, nma beira do Itabapoana.

PAULINHO RESENDE
Nasceu no Rio de Janeiro, vindo cedo com a família morar em Santa Maria, onde seu pai trabalhou na usina. Em seguida, veio estudar na Escola Agrotécnica, onde fez o ginásio. Em Campos, morou na Rua Cândido Álvaro Machado, no Parque Leopoldina, onde cultivou e ainda possui diversos amigos. Paulinho é autor, entre outros, desses sucessos: “Pelo Amor de Deus”, “O Imperador”, “Loba”, “Nuvem de Lágrima”, “Meu Ébano”, “Maria da Penha”,
etc.

MOCIDADE ALEGRE
A Escola Verde e Vermelha de São Paulo, vice campeã em 2008, foi fundada pelos irmãos Juarez da Cruz e Salvador da Cruz, campistas que foram morar em São Paulo em 1948. Foi seu Juarez que colocou o nome em homenagem a sua escola de coração, em Campos, a “Mocidade Louca”. Ele foi o primeiro presidente, é ainda o presidente de honra e pai da atual presidente da Escola, a senhora Solange Cruz Bechara Resende.
A “Mocidade Alegre” inovou o carnaval paulista ao introduzir os destaque sobre os carros alegóricos, adereços de mão e as alas coreografadas. A Escola ganhou destaque quando a sua rainha de bateria, a que toca tamborim, teve o adereço pegou fogo em plena avenida. A “Mocidade” possui os seguintes títulos em São Paulo:
1969 – campeã do Grupo III
1970 – campeã do Grupo II
1971 – campeã do Grupo Especial
1972 – campeã do Grupo Especial
1973 – campeã do Grupo Especial
1980 – campeã do Grupo Especial
2004 – campeã do Grupo Especial
2007 – campeã do Grupo Especial
2008 – vice-campeã do Grupo Especial

A “Mocidade”, possui a sua sede, a chamada Morada do Samba, na Avenida
Casa Verde, 3498, no bairro do Limão, na capital paulista e pode ser contactada
pelo telefone (11) 3857 7525.

Campos também é bastante considerado no mundo da música, pelos seus músicos,
herança de nossas centenárias Bandas Musicas. São de Campos, entre outros, o
trombonista Roberto Marques e trombonista Barrozinho, fundador da "Black Rio".

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Faturamento com mídia da um salto na Internet

Publicidade online cresce 44,1% e lidera entre as mídias
19/02/09
A propaganda na internet registrou faturamento de R$ 759,3 milhões no Brasil em 2008 e teve alta de 44,1% em relação a 2007 - quando as operações online totalizaram R$ 526,7 milhões. Os dados foram divulgadas pelo Instituto Inter-Meios nesta quinta-feira (19).A mídia digital foi a que mais cresceu no setor de comunicação, que em 2008 faturou R$ 21,4 bilhões. A participação da internet ficou em 3,54%, 0,77% a mais do que os 2,77% de fatia em 2007, quando a área alcançou R$ 19 bilhões. No 4º trimestre de 2008, o faturamento na web foi de R$ 239,8 milhões, ou seja, alta de 38% em comparação com os 173,7 milhões de reais registrados no mesmo período de 2007.De acordo com informações do IDG Now!, no segundo semestre do ano passado a publicidade online também obteve crescimento. O montante totalizou R$ 438,2 milhões, 36,4% que o total de R$ 321,2 milhões no primeiro semestre. O meio que conseguiu o maior faturamento com publicidade foi a TV, com R$ 12,6 bilhões, um crescimento de 12,5% em relação ao ano anterior. Em seguida, aparece o jornal, com 3,4 bilhões de reais, 9,6% a mais que em 2007.As revistas faturaram R$ 1,8 bilhão, crescimento de 12,5% em comparação com 2007, enquanto o rádio cresceu 17,6%, para 902,4 milhões de reais. A TV por assinatura vem em seguida, com R$ 802,7 milhões - aumento de 25,5% no período.
Redação Adnews, com informações do IDGNow!

Fofoqueira faz sucesso na BAND FM DE CAMPOS - 96,1

O quadro da Fofoqueira do Band Bom Dia tá fazendo o maior sucesso. O programa apresentado por Vitor Sarlo vai ao ar das 09 da manhã até o meio dia, mas é quando a fofoqueira entra no ar com Adriana Maia que os telefones disparam e os torpedos enchem o site www.bandfmcampos.com.br . Os ouvintes adoram quando os dois apresentadores falam do "BBB" e colocam as vinhetas que chamam a atenção da fofoqueira Adriana dando conta que fofocar é muito feio. Atendendo a pedidos dos ouvintes a Fofoqueira tem duas edições diárias, uma às 11:20 min no Band Bom Dia e outra às 4 da tarde no PROGRAMAÇO, apresentado pelo locutor Gil. Vale a pena ouvir!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Record lidera manhã no jornalismo em São Paulo

Record lidera no Ibope e acirra briga entre TVs
18/02/09
O jornalístico apresentado por Luciana Liviero e Marcos Hummel exibido na manhã desta terça-feira, dia 17/02, deu à Record a liderança de audiência entre as emissoras de TV aberta. No horário em que foi ao ar, das 8h às 9h10, o "Fala Brasil" marcou 8 pontos de média, 29% de share e 9 pontos de pico. Na mesma faixa de exibição a Globo marcou 7 pontos de média e ficou em segundo luga com a apresentação de "Bom Dia Brasil", "Radar São Paulo" e "Mais Você".
O SBT ficou em terceiro lugar e marcou cinco pontos com "Tom e Jerry" e "Carrossel Animado". Cada ponto no Ibope equivale a 60 mil residências da Grande São Paulo.

Leia mais no adnews.com.br

Precisamos mudar e investir em pesquisas de audiência e consumo

O mercado publicitário de Campos vive a expectativa de que passe logo o carnaval para voltar a ativa. Tenho conversado com vários profissionais que reclamam da falta de planejamento de marketing dos grandes anunciantes. Segundo alguns publicitários ainda impera o pensamento de que anunciar é gasto e não investimento. Colabora para isso a falta de uma pesquisa periódica de audiência nos meios de comunicação e a própria tradição local, que atribui ao mês de janeiro a queda de nas vendas devido ao êxodo para as praias. Só que é exatamente no no mês de janeiro que as pessoas estão mais propensas a gastar. Seja na praia, no hotel, nos bares, em viagens de turismo ou veraneio. Exemplo é o carnaval do Rio de Janeiro e seus inúmeros turistas e escolas de samba. O que muda é o foco. Neste ponto a falta de pesquisas de consumo ajuda a piorar a situação. Tá na hora de fazermos a nossa parte e municiarmos nossos parceiros de informações que ajudem a entender a lógica praticada nos grandes centros, que é a troca constante de informação baseada em levantamentos feitos por instituições sérias que não são constestadas após divulgarem seus resultados. Precisamos avançar alguns anos pra chegar a este nível.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Deu no adnews.com.br

Globo chama psicólogos para entender fiasco das novelas
17/02/09
A Rede Globo está convocando jornalistas, publicitários, pedagogos e psicólogos para integrar as comissões de telespectadores que, de tempos em tempos, opinam sobre as atrações da emissora.De acordo com a coluna Ooops!, o resultado dessas pesquisas ajuda não somente a compreender o futuro das tramas, mas a compreender o comportamento da audiência. A intenção da Globo é entender o motivo da queda de seu setor de teledramaturgia. Duas das três novelas que estão no ar atualmente estão sofrendo com os baixos índices no ibope.A novela das 18h, "Negócio da China" não emplacou ainda e tem registrado média de 17 pontos - o menor da história da Globo. A produção "Três Irmãs", das 19h, também apresenta índices ruins, atingindo 23 pontos de média.O surpreendente é que a trama "Caminho das Índias", de uma das autoras mais populares do Canal, Gloria Perez, também esteja marcando médias ruins no horário das 21h, na casa dos 36 pontos. Com as pesquisas, a Globo também planeja descobrir o que fazer para manter a família brasileira em frente à TV, já que a competição com outras opções como internet, videogame e DVD's tem prejudicado a batalha.
Redação Adnews, com informações da coluna Ooops!

Morro do Itaoca vira pesadelo dos radiodifusores

A importância do Morro do Itaoca para transmissões em Campos é vital. O Morro, conhecido também como morro do rato, fica na proximidades da Lagoa de Cima e abriga antenas e transmissores das Redes Record, Rede TV, SBT, Inter TV Planície, Hits TV, além das emissoras Diário FM e Band FM. Lá também estão as estações de rádio comunicação das Polícia Militar, Bombeiros, Polícia Rodoviária , Polícia Federal e Civil e antenas da Embratel e operadoras de telefonia celular. A lista não pára por aí: as Usinas Santa Cruz e Cupim, a Pedreira Itereré e os regates de ambulância da região, também se encontram no Itaoca. São vários serviçoes que sofrem a cada chuva que ocorre. Além da falta de luz, quase que diária, tem a questão do acesso. Para as equipes de manutenção subir é preciso um carro tracionado e muita coragem, já que os buracos são enormes e a manutenção da prefeitura de Campos inexiste. As promessas de tornar o lugar um ponto turístico da cidade animou as empresas que mantém seus equipamentos no alto do Morro. Todos imaginavam que isso iria ajudar na preservação do acesso e do local. Contudo não é o que estamos vendo neste início de ano, onde a chuva ajuda a piorar, ainda mais, as condições do Itaoca.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Presidente Lula e Ministro da Educação recebem comunicadores em Brasília

Dando continuidade aos Encontros Regionais já realizados com muito sucesso, a Abert e o MEC estarão realizando no dia 26 de março o 1º Encontro Nacional de Comunicadores na cidade de Brasília.O Evento reunirá mais de 200 Comunicadores de todo o Brasil, inclusive com a participação do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do Ministro da Educação Fernando Haddad.. de Campos irão Adriana Maia, Carlos Magno, Érico Barreto, Vitor Sarlo, Higor Ferraz e Cláudio Nogueira. Também estarei lá coordenando a equipe de Campos. A intenção do encontro é divulgar ao máximo, através dos comunicadores, a pauta da educação. O ministério entende que esta é a melhor forma de se chegar as famílias e difundir a idéia de que somente com os filhos na escola os pais ajudarão no desenvolvimento do Brasil.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Google muda foco

Google fracassa e abandona anúncios em rádio
13/02/09
O Goole anunciou que vai desistir da venda de anúncios publicitários em transmissões de rádio. Segundo informa a Reuters, a gigante das buscas online planeja vender sua divisão Radio Automation, reconhecendo que o projeto de três anos não foi bem-sucedido.A empresa afirmou que espera encontrar outras funções para a maioria das pessoas que trabalhava em seu negócio de rádio, mas reconhece que 40 pessoas serão demitidas. "Sempre aceitamos que, se assumimos riscos, nem todos eles vão vingar", escreveu a vice-presidente de gerenciamento de produtos do Google, Susan Wojcicki, no blog da companhia, em reconhecimento ao fracasso da operação.Agora, a tática encontrada pelo Google é apostar na venda de anúncios publicitários em arquivos de áudio transmitidos pela Internet, famosos pelo nome de podcasting.
Fim também nos jornaisHá menos de um mês, a compahia já havia desistido de outro serviço publicitário: venda em jotnais. O motivo foi o fracasso da estratégia, que representou um passo atrás nos esforços para estender a comercialização para outros meios.Com apenas 2 anos de vida, o Print Ads deixará de existir em 28 de fevereiro. À época de seu lançamento, o objetivo do programa era ajudar os jornais a ganhar dinheiro ao convencer anunciantes do Google a anunciar suas atividades também no meio impresso.Segundo o porta-voz da companhia, Brandon McCormick, o impacto causado não foi o esperado e foi decidido que os esforços se concentrariam em realizar a missão de maneira rápida e efetiva utilizando ferramentas online. Apesar do encerramento, os clientes do serviço que tiverem reservado campanhas podem colocar anúncios até o dia 31 de março, conforme informa o blog.
Com informações da Reuters

Redação Adnews

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Coca-Cola garante investimentos em marketing no Brasil

Coca-Cola vai investir R$ 1,75 bilhão no Brasil
12/02/09
A Coca-Cola anunciou hoje (12) seus planos de investimento no Brasil em 2009. De acordo com Xiemar Zarazúa, presidente da operação brasileira, será investido R$ 1,75 bilhão, montante que aumenta em 16,6% o valor aplicado em 2008. Nesta verba, já estão inclusos os investimentos de marketing da companhia.
“Em 2009 continuaremos acreditando e investindo para crescer. No Brasil temos marcas valiosas como Matte Leão, Del Vale e Guaraná Jesus, que tem níveis de preferência equivalentes a Coca-Cola no Maranhão. Com essas marcas e nossa visão de sustentabilidade podemos fazer nossa companhia continuar ainda mais forte”, disse Zarazúa ao Adnews.
Além disso, a Coca-Cola apresentou os resultados de 2008. Apesar da crise, a empresa registrou um crescimento de 7% no volume de vendas, chegando a 9 bilhões de litros de bebidas não-alcoólicas e R$ 15 bilhões de faturamento. Segundo a empresa, o crescimento foi resultado das ações de marketing e do lançamento de novos produtos, como o isotônico i9.
Já o crescimento da América Latina chegou a 8% no ano passado. Mundialmente, a empresa cresceu 5% durante 2008.

Com colaboração de Adriana Azevedo

Redação Adnews

Mimicom promete delegacia no Rio em 90 dias

O Ministério das Comunicações trabalha com a previsão de que em 90 dias estará funcionando na Agência dos Correios da Primeiro de Março, no centro do Rio de Janeiro, a Delegacia regional do Ministério. Um andar inteiro da sede da Primeiro de Março está separado para a instalação do mobiliário e da equipe, que terá 30 profissionais. A informação foi publicada em novembro no D.O juntamente com a reabertura de outras praças, como São Paulo, Minas Geraís, Pernambuco, Santa Catarina e Mato Grosso. Essa era uma antiga reinvidicação dos radiodifusores de todo o Brasil. Desde que os trabalhos foram concentrados em Brasília a classe vinha reclamando da demora na solução dos problemas e também dos altos custos de deslocamento até a capital federal. A Delegacia do Rio vai atender também o radiodufusores do Espirito Santo. Alguns estados da União não atendidos com o retorno de suas delegacias regionais estão precionando o Ministério para que amplie o número desses escritórios de forma que todos tenham uma Delegacia em suas capitais.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Mais um blog no ar: bgaudioconsultoria.blogspot.com

Vale a pena conferir o blog da BG Áudio. Os caras são feras em soluções via net e agora resolveram contar tudo pra gente. A empresa carioca tem entre seus clientes a Band Fm de Campos e Alerj, entre outras. Abaixo um novo produto que eles estão colocando no ar.


Rádio direcionada ao frequentadores da Zona Sul do Rj.

Acompanhando as tendências e pegando carona na crista da onda das rádios webs a BG Áudio inicia seus primeiros testes com a sua própria rádio entitulada como Orla Sul.Br ( direcionada aos moradores e frequentadores da Zona Sul do RJ ), seu obrjetivo é fazaer uma programação de perfil adulto contemporâneo e também se tornando meio que popular.Em breve os internautas poderão interagir em sua programação pelo site que já esta em construção e que estaremos divulgando em breve aqui em nosso blog.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

traduzindo os números do Ibope para o Rio de Janeiro

Divulgamos abaixo a posição geral da emissoras de rádio da cidade do Rio de Janeiro entre Dezembro/08 e Janeiro/09. Agora vamos revelar quanto as líderes tem de ouvintes por minuto. Vejam abaixo:

O DIA FM - 260.862
GLOBO AM - 259.585
TUPI AM - 208.453
BEAT98 FM - 171.959
MELODIA FM - 148.122
93 FM - 148.116
NATIVA FM - 144.288
JB FM - 109.039
MIX FM - 85.951

Os números revelam que em materia de rádio AM só dá Globo e Tupi. Já as FMs brigam entre sí, com uma vantagem acentuada para FM O DIA.

Audiência das emissoras Am's e Fm's no Rio de Janeiro

A audiência no Rio está assim segundo dados oficiais do IBOPE:

O DIA FM - 2,74
GLOBO AM - 2,72
TUPI AM - 2,19
BEAT98 FM - 1,80
MELODIA FM - 1,55
93 FM - 1,55
NATIVA FM - 1,51
JB FM - 1,14
MIX FM - 0,90

Os dados foram levantados entre Dez/08 e Jan/09. Compreendendo o período de segunda a sexta das 06/19h.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Notícia do site adnews.com.br

"A TV está perdendo a soberania no Brasil"
06/02/09
A fartura de audiência deixou há tempos de ser rotina na televisão brasileira. Havia épocas em que grande parte do país se reunia em frente à TV de forma fiel e garantia a felicidade das emissoras, que esbanjavam pontos no Ibope. Mas isso foi moda idos da década de 80, um tempo em que o consumo de mídia era basicamente restrito à TV, rádio e impressos. (Veja enquete sobre o tema)Certa vez, por exemplo, a líder TV Globo conseguiu o feito de marcar 90% de audiência do país, sendo que todos esses televisores estavam "presos" no último capítulo de uma mesma novela: “Roque Santeiro”. Porém, a evolução foi implacável e a chegada da internet com seus aparatos tecnológicos, aliada a opções como a TV paga, tratou de minimizar a soberania deste meio tradicional e começar a repartir o bolo da audiência. É chegada, portanto, uma nova era de consumo de mídia.Uma das provas mais recentes deste novo cenário foi confirmada por dados do Ibope, publicados esta semana no Adnews. O índice de TVs desligadas bateu recorde na Grande São Paulo no fim do mês de janeiro. No horário considerado nobre (18h às 24h), apenas 48% dos aparelhos permaneceram ligados, de acordo com dados referentes ao último sábado (31/01). Na semana anterior a esta data, o índice era de 54%.

Leia o texto na íntegra no adnews.com.br

Audiência das primeiras colocadas no Ibope no Rio

A briga pela audiência no Rio tá muito interessante. Segundo informações que o blog recebeu, em primeiro lugar continua a FM O DIA. A emissora perdeu algumas atrações na guerra com a BEAT 98, mas não teve sua posição alterada. Em segundo está a MELODIA FM e em terceiro outra evangélica, a 93 FM. A BEAT 98 vem subindo gradadivamente mas espera dar uma arrancada com as contratações de Tino jr e Dj Malboro. Na cola da BEAT está a NATIVA FM. Pelo menos o ouvinte tá ganhando com a guerra pela liderança.
Outra novidade que está pra ser implementada no dial carioca é a mudança de posição de algumas emissoras. São alterações visando a implantação do digital. Quando isso ocorrer, por exemplo, a JB FM passará de 99,7 para 99,9. A MELODIA passará de 97,3 para 97,9. Somente algumas emissoras sofrerão mudança em suas frequencias.

Blocos invadem as ruas do carnaval com apoio da Band Fm de Campos

Neste carnaval a Band Fm de Campos confirma sua vocação carnavalesca. Diversos são os blocos que estampam a marca da emissora no peito. Em São João da Barra tem o Jiripoca (o bloco oficial da emissora), Diga Que Valeu e Abalou, que desfilam na avenida principal. Em São Francisco tem o Jubiraca, que irá desfilar em Santa Clara.
Os blocos sairão a partir de sexta de carnaval. Pra quem quiser adquirir os abadás, vários são os pontos de venda, sendo que o bloco Jiripoca disponibiliza os seus no site da emissora - www.bandfmcampos.com.br . Os demais são encontrados em pontos de vendas distintos.
A expectativa é que mais de 6.000 mil pessoas vistam os abadás destes grupos.
Depois dos desfiles todos poderão conferir as fotos do site da Band Fm.

Ponto extra de Tv a cabo

Anatel adia, pela 5ª vez, discussão sobre ponto extra de TV paga
05/02/09
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) adiou pela quinta vez a decisão sobre a cobrança do ponto extra de TV paga. A medida foi imposta por um dos conselheiros da casa, Antônio Bedran, que pediu um prazo de 30 dias para devolver tema à pauta de discussão da Anatel. Desde junho de 2008 o governo discute o assunto, sem dar um parecer definitivo sobre a possibilidade de cobrança ou não do serviço.A polêmica começou em junho de 2008, quando a Anatel regulamentou os direitos dos usuários de TV por assinatura. A norma imposta pela Agência vetava a cobrança do ponto extra, mas permitia a criação de taxas de instalação e manutenção, o que foi alvo de críticas por parte dos consumidores.O tema foi parar na justiça, que impôs à Anatel a competência em determinar o que deve ou não ser pago no serviço de TV por assinatura. Com o adiamento da decisão, ficam válidas as cobranças do ponto extra, até que a Agência decida sobre o tema.

Fonte: Portal Imprensa

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Brito Jr. na "Fazenda das Celebridades"

Britto Jr. deixa "Hoje em Dia", mas segue na Record
05/02/09
Britto Jr. vai deixar o "Hoje em Dia" para apresentar um reality show "Fazenda das Celebridades" que a Record estreia em junho.Segundo a coluna Zapping, da Folha Online, o jornalista parece estar seguindo os passos do colega da Rede Globo, Pedro Bial, que deixou a apresentação do "Fantástico" para comandar o "BBB" em 2002.Celso Zucatelli deverá ser o substituto de Britto na atração diária. Ele tem se saído bem quando fica como âncora do matutino.
Redação Adnews

Raio cai no transmissor da Costa Verde

A Rádio Costa Verde de Itaguaí - RJ -ZYD 508 / 91.7 FM - está com o seu sinal prejudicado desde ontem, quando caiu um raio em seu estúdio. Os técnicos colocaram a emissora no ar, mas ainda falta corrigir os danos nos estúdios. Por falar em estúdios, Silvio Santana (Bg áudio consultoria ) informar que serão reformados todos os estúdios da Costa Verde neste ano.

Notícias do adnews.com.br

Lula quer virar colunista em jornais populares
05/02/09
A criação de uma coluna em jornais populares, escrita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, está entre os novos projetos de comunicação do Governo para 2009, ano que antecede as eleições presidenciais. A iniciativa faz parte da Mensagem ao Congresso Nacional, encaminhada na última segunda-feira (02).
Chamada de "O Presidente responde", a coluna segue as práticas de outros presidentes da América Latina, como Evo Morales e Hugo Cháves, que lançaram jornais estatais e colunas nos seus países. "Esse é um público que a gente quer alcançar", disse o secretário de Imprensa do Planalto, Nelson Breve. "Fizemos um fórum com diretores desses jornais, sobre a pauta deles. Mostraram que o presidente poderia responder a perguntas de leitores. Estes jornais, que são um fenômeno de crescimento entre a mídia, estão mais sintonizados com a vida do cidadão", disse ao jornal "O Estado de S.Paulo".
Os jornais populares detêm cerca de 50% da circulação dos diários do País. A ideia do Governo é se aproximar ainda mais das classes C, D e E, e montar um grande esquema de divulgação para ações e entrevistas de Lula. Neste ano, o Governo também planeja produzir entrevistas gravadas para rádios regionais, além de lançar o novo site da Presidência. Também está prevista a reformulação do Portal Brasil e a criação do serviço Falo com o Governo.
Além das novas iniciativas, o documento também traz um levantamento sobre as ações realizadas em 2008, destacando “a implantação e consolidação da TV Pública Federal” e a abertura de espaço em veículos de comunicação como portais informativos e jornais populares.

As informações são do Comunique-se
Redação Adnews

Érico Barreto incrementa seu Blog

O locutor, executivo de contas da Tv e blogueiro Érico Barreto me contou que está incrementando seu blog http://ericobarreto.blogspot.com/ . A intenção é mostrar fatos do dia a dia flagrados pela sua câmera digital e seu olhar jornalístico durante suas visitas comerciais. Vaí está tudo lá, desde carro parado em cima da calçada, até sinais de trânsito com defeito, etc... quem não puder conferir no blog poderá ouvir na rádio Diário Fm, no programa Blá, Blá, Blá, com Érico e Márcio Pereira, no ar de segunda a sexta, a partir das 10 da noite.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Carlos Issa assume gerencia de rede na Tupi

Quem está a frente da implantação da REDE TUPI DE RÁDIOS - via satélite - no estado do Rio é o radialista Carlos Issa. Caberá a sua gerência contactar os possíveis parceiros e passar a boa nova. A proposta da TUPI é estabelecer uma via de mão dupla com as filiadas, com estas enviando matérias e possíveis clientes que queiram anunciar no Grande Rio. Por outro lado estes parceiros terão na emissora carioca um apoio fundamental para comercialização com os grandes anunciantes, governo do estado e federal. Sem falar no conteúdo de alta qualidade e audiência. O radiodifusor que gostou da idéia pode ligar para (21) 2126-2421 e mandar chamar o Carlos Issa.

Big Brother dá resultado e pode ser esticado

Globo deve esticar "BBB 9" até 7 de abril
04/02/09
Graças à boa audiência e demanda comercial, a Globo estuda prorrogar o "BBB 9" até 7 de abril. O reality show vem marcando desempenho semelhante ao da novela das oito, historicamente o principal produto da emissora, mas que não vive de bem com o Ibope. No último sábado, por exemplo, teve seu pior resultado: apenas 27 pontos de audiência na Grande São Paulo.

Inicialmente, o "BBB" acabaria em 24 de março, mas já foi prolongado até 31 para atender aos anunciantes. A informação é de Daniel Castro, da Folha de S.Paulo.

fonte: adnews.com.br

Congresso da Abert acontece em Maio

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão estará realizando entre os dias 19 e 21 de maio o 25º Congresso Brasileiro de Radiodifusão, em Brasília (DF). O evento pretende discutir a valorização do meio, a defesa da liberdade de expressão, inclusive comercial, e a interação com outras mídias. O tema do Congresso este ano é: “Radiodifusão: Compromisso com o Brasil”.
O local escolhido para realização é o Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, um espaço moderno, com localização privilegiada, ideal para abrigar este já tradicional e prestigiado encontro. Maiores informações no site da Abert. www.abert.org.br

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Grandes jornais cresceram apesar da crise

A Associação Nacional de Jornais informa que a venda de jornais cresceu 5% no ano passado. A notícia vai contra a tendência mundial de crise no setor. Segundo a entidade os campeões são Folha de São Paulo, Super Notíca (Minas Gerais), O Extra, O Globo e O Estado de São Paulo. No entanto a alta foi puxada pelos títulos populares, como o Super Notícia de Minas que atingiu a marca surpreedente de 27,8%.
Na média total de 2008 foram vendidos 4,351 milhões de exemplares no ano. Para o diretor excutivo da ANJ, Ricardo Pedreira, a crise econômica não irá frear a expansão no setor. Em 2007 enquanto a expansão no setor foi de 11,8% no Brasil, no mundo o percentual não passou de 2,5%.
fonte: Jornal O Globo.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Trechos de vídeos exclusivos no site da Band Fm de Campos

O site da Band Fm de Campos está cheio de novidades. Uma delas é o link para vídeo no you tube. O internauta pode assistir trechos de várias gravações exclusivas feitas durante vários shows pela equipe da rádio. Vale mais o registro do que a qualidade das imagens, bem no estilo "you tube". Tem até "50 cent" o famoso rapper americano que esteve no Brasil a cerca de dois anos fazendo uma apresentação no cais do porto do Rio. Vale a pena conferir.

O trio que virou dupla

O jornalista Álvaro Marcos não faz mais parte da direção do site ururau.com.br . O trio virou dupla e Leandro Nunes e Clícia Cruz seguem com a missão de manter o site batendo recordes de page view na net. São mais de 200 mil até o momento.

Audiência abaixo da média preocupa Globo

Caminho das Índias" cai para 27 pontos e preocupa Globo
02/02/09

A novela "Caminho das Índias" entrou no patamar dos 20 pontos de audiência, fato nada costumeiro para uma novela de horário nobre da Globo.
O capítulo exibido no sábado marcou média de 27 pontos de audiência na Grande São Paulo, segundo o Ibope, e acendeu o alarme de preocupação da emissora.
De acordo com o colunista da revista Veja, Lauro Jardim, a atual trama segue a trajetória de "A Favorita", que preocupou a cúpula da Globo durante meses. Segundo ele, a tática da emissora para reverter o quadro é reforçar as chamadas durante o dia de hoje e ao longo da semana.
A Globo também planeja fazer grupos de discussão em fevereiro para entender a oscilação da novela, que andava marcando audiência na casa dos 30 pontos.
Outras novelas seguem em queda

A novela "Negócio da china" voltou a passar por péssimos momentos e atingiu 13 pontos de média, ante 8 da Record. O folhetim das 19h, "Três Irmãs" também não agradou o telespectador. A novela bateu seu recorde negativo e fechou com 15 ponto, contra 7,5 do canal do bispo Edir Macedo.

O "Jornal Nacional" também apresentou resultado abaixo da média, foram 22 pontos de audiência no último sábado.
Redação Adnews

Depois que o carnaval passar

A direção artística da Band Campos definiu que o noticioso BAND NOTÍCIAS estará de volta a grade de programação somente depois do carnaval. Inicialmente o retorno estava marcado para o começo de fevereiro, agora a produção tem mais tempo para apresentar as mudanças que pretende levar ao ar. Outras surpresas estão sendo preparadas para os ouvintes da "rádio do seu jeito".

Mundanças na Tupi Am


Plantão Urgente: Mudanças na Super Rádio Tupi do Rio
Brasil Rádio News - da redação.

Rio de Janeiro RJ - Uma mudança radical deve agitar a programação da Super Rádio Tupi ( AM 1.280 kHz), do Rio de Janeiro. O comunicador Pedro Augusto vai assumir nos próximos dias o horário das 8h ás 10h. A Super Rádio Tupi pretende "disputar" a audiência com a Rádio Globo Brasil no mesmo horário do Padre Marcelo Rossi. A nova grade faz com que Clovis Monteiro e Francisco Barbosa percam uma hora em seus respectivos programas cada.*A nova grade fica definida apartir do dia 26/02- Clovis Monteiro das 6h ás 8h- Pedro Augusto (estréia) das 8h ás 10h.- Francisco Barbosa das 10h ás 12h
- Coelho Lima e equipe na Patrula da Cidade das 12h ás 13h
- Pedro Augusto das 13h ás 15h
- Heleno Rotay das 15h ás 17h.*(Alterações podem ser feitas na data informada).

O comunicador Pedro Augusto, conhecido também como o "Romeiro de Aparecida" recebeu uma sondagem de uma emissora paulista, mas como deputado (PMDB-RJ), não pode deixar o Estado, e vai continuar comandando o seu tradicional programa de 13h ás 15h.
Sobre o Pedro AugustoPedro Augusto, é natural de Ribeirão Preto - SP, tem 46 anos de idade, é Católico Apostólico Romano praticante, 30 anos de trabalho e dedicação ao rádio, devoto fervoroso de N. Sra. Aparecida.
O comunicador é conhecido pelo seu público como “Romeiro de Aparecida” por ser um exemplo de Fé, carinho e amor a igreja. Já levou mais de 50 mil pessoas á Basílica de Aparecida nestes 20 anos que atua no rádio carioca. Pedro Augusto é um missionário de Maria, realiza um trabalho de evangelização onde milhares de pessoas o acompanham em suas peregrinações. Onde quer que ele vá, carrega consigo a imagem de N. Sra. Aparecida.
Ouça a Super Rádio Tupi do Rio de Janeiro acessando o endereço:
www.tupi.am

Fonte: Brasil Rádio News
às Sexta-feira, Janeiro 30, 2009

Mundial encerra sua atividade no Rio


Plantão Urgente: Rádio Mundial encerra atividades
Brasil Rádio News - da redação.
Rio de Janeiro RJ - Uma das emissoras mais modernas do país em termos de investimentos técnicos encerrou seus trabalhos de forma triste nessa madrugada.A Rádio Mundial (AM 1180 kHz) dispensou cerca de "40 funcionários" entre redatores, jornalistas, radialistas, programadores, operadores de áudio e técnica, e todo setor administrativo.A emissora localizada na Rua da Assembléia nº10 no 18º andar no centro do Rio está operando somente com um programa de músicas via computador.A Rádio Mundial (razão social Globo-Eldorado), foi arrendada ao Sistema Globo de Rádio em maio de 2008 por um grupo de investidores. O canal AM 1.1180 kHz é uma freqüência internacional e na verdade pertence a um "grupo chileno" que trabalha em parceria ao Sistema Globo de Rádio. O arrendamento da empresa e a utilização do nome “Mundial “ eram por 10 anos. A emissora sobreviveu apenas 9 meses.
Fonte: Brasil Rádio News
às Sábado, Janeiro 31, 2009

Cláudia Cataldi estréia hoje na Fluminense Am

Confirmadíssima a estréia do programa da jornalista Cláudia Cataldi na Rádio Fluninense Am de Niteroi. Pena que a emissora não disponibiliza para os internautas acesso on line de sua programação. Desta forma só estando em Niterói ou na região metropolitana pra ouvir. O programa que vai ao ar as 16h tem vinhetas produzidas pelo Dj Jason da Band FM de Campos. As vozes são do próprio Jason, Adriana Maia e Carlos Cianella.

Notícia do site adnews.com.br

Casas Bahia gasta R$ 3,7 milhões e entra hoje na web
02/02/09
A Casas Bahia confirma especulações e lança hoje a sua loja virtual, a filial nº 5.000. A primeira loja da rede, em funcionamento 24 horas por dia, consumiu investimentos de R$ 3,7 milhões e tem como perspectiva responder por até 2% do faturamento da Casas Bahia em seu primeiro ano de funcionamento. “A Casas Bahia entra na internet com um modelo diferenciado, que não afeta as vendas das lojas físicas. A idéia é que um canal de vendas auxilie o outro e que os dois preservem o nosso padrão de atendimento”, afirma Michael Klein, diretor executivo da rede. “Além disso a loja virtual utiliza uma tecnologia que tem absoluta sinergia com a gestão de negócio em tempo real que já se faz na empresa ”, completa Klein. A filial de nº 5.000 recebeu identidade própria e funcionará 7 dias da semana, 24 horas por dia, durante todo o ano com garantia de total disponibilidade do sistema. É o primeiro site no mundo desenvolvido em cima de uma plataforma de mainframe - computador de grande porte que processa os dados da Casas Bahia segundo a segundo.
A tecnologia permite um ambiente virtual integrado com o da rede em tempo real, ou seja, exatamente como na loja física, assim que a compra é validada no site, há geração de cadastro, de pedido de venda, baixa no estoque, a entrega é acionada e a mercadoria levada ao cliente no prazo determinado. Segurança nas transações on line foi outra prioridade e segue os padrões internacionais fruto da parceria da rede com a IBM. “Trabalhamos duro para garantir a inviolabilidade e a confidencialidade dos dados de cada transação”, enfatiza Klein. “Nossa loja utiliza tecnologia de ponta, o que há de mais “top” no mercado. Afinal, segurança não é produto, é solução mais processo”, completa ele. A loja virtual da Casas Bahia dispõe de parceiros como o Clear Sal, que checa informações transacionais no ambiente on line; a Aúnica, responsável pela implementação do Omniture, software líder mundial em web analitics e a Atlas Solutions, plataforma de monitoramento e hospedagem de campanhas de midia on line. Além disso há a ferramenta de criptografia que assegura que todas as informações transacionais sejam codificadas. A loja da rede na web tem 13 categorias de produtos diferentes para o e-consumidor: móveis, eletrodomésticos, eletroportáteis, informática, bebê, saúde e beleza, esporte e lazer e brinquedos e games. Ao todo serão comercializados na fase inicial cerca de 4 mil produtos – à exceção de aparelhos celulares e alguns itens do portfolio de móveis. A administração do portal de vendas será feita pela recém criada área de web/internet, ligada ao departamento de marketing da Casas Bahia.
Os pagamentos na loja virtual serão feitos por boleto bancário, cartões de débito on line (Banco do Brasil) e os de crédito das bandeiras Amex, Visa, Redecard e Casas Bahia/Bradesco, bandeira Visa.