sexta-feira, 20 de agosto de 2010

OPECs estressadas

Agora que praticamente chegamos ao final da primeira semana do horário eleitoral gratuíto no rádio e na tv, podemos emitir uma opinião sincera a respeito do formato escolhido pelo TRE-RJ. O site www.radiotre.com.br não foi devidamente divulgado pelo tribunal, só agora as emissoras estão de fato acessando.

Isso atrapalhou bastante os breaks comerciais nesta primeira semana. A falta do plano de mídia no site também é outro problema e, alguns partidos, tem apresentado mapas diferentes daqueles emitidos pelo TRE-RJ. O responsável pela OPEC deve seguir o plano de mídia do Tribunal Regional Eleitoral.

A veiculação dos blocos está sendo feita em cadeia, forma tradicional de transmissão do programa. Uma emissora fica responsável pela distribuição e as outras copiam. Mas quem quiser pode baixar os blocos no site. Espero que na semana que vem as coisas melhorem e todos estejam familiarizados com o sistema.

Outro problema tem sido a entrega dos spots nas emissoras. Alguns partidos não tem respeitado o horário de fechamento dos mapas pelas emissoras estipulado em ata pelo Juiz Eleitoral. Entregam fora do horário para, ainda, serem editados. O estresse tem sido grande, mas esperamos que seja coisa da primeira semana, onde todos estão se adaptando a novidade. Assim que for desenrolando o campanha, vamos analizando a organização desta importante mídia para que os ouvintes escolham melhor em quem votar. O rádio e a Tv se orgulham de fazer parte deste processo.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Companheiro Alfredo, observando a postagem de vocês, estou emitindo minha opinião. Observo como radiodifusor, que aqueles que não estão atualizados com as informações da Eleições 2010, não estão cumprindo seu dever. Quando do recebimento de uma concessão de radiodifusão, cumprimos um dever de estarmos sempre atualiados as Leis de nosso país, entre elas a Lei Eleitoral.
    Também no comentário de vocês, algumas OPECs estão tendo trabalho fora do horário com os mapas de mídia que chegam atrasados. Isto é totalmente impraticável. Nas ATAS das reuniões eleitorais realizadas na sede do TRE-RJ, e que estão disponíveis no site deste tribunal regional, é informa o horário obrigatório que cada emissora tem para receber os mapas de mídia, o que coloca uma condição muito favorável para nós do rádio, tais mapas precisam estar em nossas mãos, 48horas de antecedência da data de veículação. E por ser uma obrigação do partido, esta proíbido ser incluído no site www.radiotre.com.br .
    Outro fato colocado no Blog, diz que os partidos estão encaminhando Cds com spots, opa!!!! Isso também é proibido, os partidos entregam os spots na Rádio TRE, e nunca nas emissoras.
    A respeito da divulgação do site, se o radiodifusor procurar cumprir seu dever, irá até o site do TRE do seu estado a acompanhar todas as ATAS com suas normas, embora, a AERJ tenha tentado encaminhar e-mail para todas as emissoras do estado, mas infelizmente, até no site da ANATEL os endereços de algumas emissoras estão errados. Fiz uma pesquisa no dia 14/08/2010 e pude comprovar isso.
    Acredito, se os radiodifusores do estado do Rio de Janeiro se unindo mais ainda e se tornando associados da AERJ, o trabalho seria muito melhor, caso contrario, fica impraticável comunicar a todos. Mas, bato mais numa vez na tecla muito importante, " tal comunicação não seria necessário se cada radiodifusor buscasse informações dentro da Lei.”
    Enfim, mais uma vez a terra onde foi criado o rádio no Brasil, volta a sair na frente, em 2004 a Rádio TRE foi criada, distribuímos o material via LP e agora num fato inédito em todo o Brasil, estamos disponibilizando tais materiais, pelo portal www.radiotre.com.br, um feito inédito do radiodifusor do Estado do Rio de Janeiro, e que em breve estará sendo copiado por todo o Brasil.
    Parabéns AERJ e TRE-RJ por esta união!
    Edson “BOY” Elias – radiodifusor

    ResponderExcluir
  4. Boy, é lovável esta iniciativa da rádio TRE. O que eu observei foi a falta de comunicação entre os radiodifusores com a sua entidade. De fato a Aerj enviou emails divulgando o site, mas muitos radiodifusores não atualizam seus dados na entidade ou, sequer, são filiados. Só que a perspectiva que dei foi sobre a operacionalidade interna da ferramenta, com todas as dificuldades que falamos acima, acrescentando a desinformação dos partidos. De qualquer forma acho que os problemas serão sanados a partir desta segunda semana, onde todos já estarão treinados e, consequentemente, mais ágeis. Por fim, faço coro com vc sobre o inedistimo da ferramenta. A rádio TRE veio pra ficar.

    ResponderExcluir